quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Aí vem ele...



Desejamos a todos vocês um feliz natal!


Crédito: crisbisppo

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Chicas HOJE no Dia da Rua !

Esta é a segunda edição do evento DIA DA RUA, que neste ano terá 14 bandas em 12 esquinas de Ipanema e Leblon. As performances são na rua e gratuitas. A vibe é a melhor possível!



É isso aí, cariocas, última oportunidade de curtir as Chicas neste ano na Rua General Artigas (Leblon) a partir das 20h. E é grátis! Aproveitem!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Resenha Show - As Chicas (por A.J. Lobone)

A gente recebeu por email a resenha do show da Fnac feita pelo Anderson Lobone, achamos bem bacana, confiram:


De quando em quando a música brasileira, faz brotar um artista ou um grupo que, através de seu talento nato, nos dá a impressão de estarmos diante de uma verdadeira ilha, neste mar de pasmaceira musical em que mergulhamos nos últimos anos. (Pois é!)

Recentemente, nos deparamos com 4 mulheres de características musicais multifacetadas, e que por conta da genealogia – duas delas são filhas do grande Gonzaguinha, já mereceriam ser olhadas, digo, ouvidas com a devido atenção. (Olhadas, ouvidas, admiradas...)

Essas 4 mulheres compõem o grupo “As Chicas”, e trazem, além dos inevitáveis traços de sua linhagem musical, uma interessante habilidade multi-instrumental aliada a uma “estrutura vocal” pouco vista por aqui.

Individualmente, as vozes de Isadora Medella, Amora Pêra, Paula Leal e Fernanda Gonzaga, já lhes garantiriam um lugar no panteão das divas da MPB, mas as habilidades vocais das moçoilas quando juntas, produzem uma textura vocal tão extraordinária, que na maioria das vezes, não nos deixa perceber alguns pequenos tropeços de seu repertório.

Digo isso sem trauma e sem medo, pois bem sei que nessa época de MP3, é muito difícil para um “artista novato”, resistir ao apelo de um possível “grande empurrão” que é ter uma canção em uma abertura de novela de TV.

Pois é, mas isso tem um preço. A música da novela Caras & Bocas (Globo) é das “Chicas”, vocês sabiam? Não? Mas é.

Calma, calma... Eu assino embaixo ao dizer que o trabalho das moças é infinitamente superior àquela malfadada marchinha, que felizmente não será lembrada no próximo carnaval. (Ah, a gente gosta :P)

Esqueçamos o deslize, e voltemos ao lado bom da coisa.

Então, estava eu a andar por um shopping do Rio, quando soube que o grupo faria um pocket show na FNAC - que aliás vem sendo palco de shows e de lançamentos de livros muito interessante.

E tudo 0800? Ah, lá fui eu... (É nesse momento que a gente esturrica de inveja aqui em Recife)

A apresentação para cerca de 100 sortudos, teve de tudo. Crianças interagindo com as artistas, ar condicionando atrapalhando a afinação, e é claro, mais uma demonstração do absoluto talento dessas quatro mulheres.

Assistir a performance das “Chicas” é um presente para os que, como eu, sempre apreciaram grupos que se preocupavam com o trabalho vocal. Exemplos? Quarteto em Cy, MP4, Take 6 e até mesmo os roqueiros setentistas do Uriah Heep.

Paula, Isadora, Amora e Fernanda foram mais uma vez impecáveis. Se não bastasse cantarem tão bem, elas ainda tocam violão, acordeom, zabumba, guitarra, cavaquinho, triângulo, agogô, etc.

Saí de lá emocionado e fui tomar um chopp, onde comecei a rabiscar esta resenha.

Nestes tempos tão, digamos, “bicudos” para o mercado musical e para os nossos ouvidos, a presença das “Chicas” no universo da MPB é, no mínimo, um alívio para a alma. (Isso, isso, isso!)

Elas têm talento de sobra, DNA indiscutível, e são amparadas por uma equipe de primeira, que compõe a gravadora “Biscoito Fino” (Ah, se todas as gravadoras tivessem sido iguais à você, que maravilha viver...)

Talvez o que falte ao grupo e à gravadora é o entendimento de que a internet é o único caminho para a divulgação e promoção. O site eternamente em construção, é definitivamente, um pecado. (Isso é...)

Mas hoje eu não estou aqui para falar de marketing ou mídia online, certo?

Sou fã das “Chicas” e ponto final.

(foto: Acervo FNAC/RJ)

Cordialmente,

Anderson Julio Lobone

Agradecemos novamente ao Anderson por nos enviar essa resenha maravilhosa, valeu mesmo! Ah, os comentários em verde são nossos, tá?

Beijos, barulhada!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Trajetória Chicas no Recife

28/09/07 - Teatro do Parque (Projeto Seis e Meia)


Créditos: Dani e Tay

Foi nessa data que elas fizeram pela primeira vez um show aberto aqui no Recife (antes elas tinham vindo fazer um show particular) e também foi o primeiro show das meninas que eu vi. Pra falar bem a verdade, eu tinha ido mesmo pra ver o show de abertura com a Isabela Moraes, pernambucana e amiga minha. Conhecia um pouco do trabalho das meninas graças ao Youtube, por indicação de uma amiga e já havia achado bacana.


Créditos: niquefz

No dia do show, apenas Isadora, Paula e Amora estavam presentes, porque foi na época do nascimento dos filhos gêmeos da Fernanda. Era aniversário de Isadora (tadinha, levou de presente choque no microfone), então teve direito a parabéns e tudo.


Créditos: niquefz

O melhor momento do show, que infelizmente não achei registro em vídeo para postar aqui, foi a Amora cantando na seqüência do solo da Paula (Espumas ao Vento) a música Lembrança de um Beijo. O pessoal cantou junto com ela essa música do Accioly Neto, que é tão conhecida de nós nordestinos na voz do Fagner.

Foi nesse dia que me apaixonei de vez pelas meninas.

25/09/08 - Teatro Guararapes (O Show Acústico)



Esse foi o segundo show das meninas aqui (em junho já tinha ido a outro show delas em João Pessoa e enchido a paciência do pessoal de produção para trazê-las para cá, mas não tinha rolado).

Infelizmente logo na entrada já surgiu um problema. E que problema! O som havia dado curto e houve o boato de que não haveria show. Apesar da falta de divulgação (pessoal só ficou sabendo pelo boca a boca mesmo, não teve banner, nem lambe-lambe, muito menos outdoor), cerca de 800 pessoas estavam esperando vê-las e ficaram aguardando uma solução. E a solução foi fazer o show mesmo com todas as adversidades, quase sem instrumentos e com dois microfones apenas.




Créditos: milanandez

Apesar dos pesares, o show foi MARAVILHOSO. As quatro e os músicos souberam levá-lo com bom humor e profissionalismo. Claro que teria sido muito mais completo se o som tivesse funcionando, mas as meninas dominaram o palco e encantaram os presentes. E o show, um pouco mais curto do que o normal, já deixou em nós pernambucanos um gostinho de quero mais logo que acabou.



17/10/09 - Teatro da UFPE: O Show!



Esse sim foi O SHOW que nós pernambucanos estávamos aguardando. Apesar de ter sido ótimo o primeiro show, nele faltava a Fernanda e no segundo... enfim, ansiávamos por esse show e por peder rever as meninas dessa vez com direto às melhores condições, que é o que elas merecem (Aproveitando para parabenizar a Nova Arte Produções e especialmente a Perla pela competência!).

Nesses dois anos que vou a shows delas (além dos quatro aqui no nordeste, fui ao pré-lançamento do Em Tempo de Crise no Rival), fiz questão de divulgar a todos os que eu conheço o trabalho das meninas, afinal, o que é bom temos que repassar. E levei uma galera danada para assistí-las. TODOS amaram.




Créditos: maigoncalves

Eu conhecia as músicas dessa nova turnê por causa do show no Rio, mas mesmo os que não conheciam adoraram as novidades. E quem ainda não conhecia quase nada delas, agora é fã de carteirinha.


Créditos: tayza92

Aguardaremos agora a turnê do Barulinho e que elas voltem logo com o Em Tempo de Crise pois não nos cansamos de prestigiar a qualidade desse barulho que compramos!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Hoje, Chicas no Fnac do Barra Shopping



Juntas desde 1996, as Chicas Amora Pêra, Fernanda Gonzaga, Isadora Medella e Paula Leal interpretam canções do seu novo CD/DVD, Em Tempo de Crise Nasceu a Canção (Biscoito Fino). O repertório, composto por samba, pop, baião e hip hop, inclui canções que já foram sucesso nas vozes de grandes nomes da MPB, como “Divino Maravilhoso” de Gil e Caetano, "Androginismo" da dupla Kleiton e Kleber. E o sucesso “Caras e Bocas” (abertura da novela global), de Um Carvalho e Dudu Falcão.

Fonte: Fnac

O Pocket Show será hoje (09/12) no Fnac do Barra Shopping (Rio de Janeiro), a partir das 19h. E é grátis! Não percam!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Adão - Chicas

Gente, não sei se todo mundo sabe, mas as meninas gravaram a música Adão do Kleiton e Kledir, que é uma resposta a música Eva, também deles. Como na música tem um monte de nome, colocamos aqui a letra para ficar mais fácil de vocês cantarem e pra ficar mais legal ainda ilustramos com alguns artistas ligados às meninas. O áudio inteiro em mp3 dá pegar no site do Kleiton e Kledir.

A música já é bem bacana, mas a interpretação delas a torna ainda melhor, porque é muito engraçada!! Confiram!

video

Adão

(Kleiton Ramil & Kledir Ramil)

Não foi o Adão
Que me deixou de quatro
Tá, foi o Renato
E eu fui parar nas nuvens
E vem o Rubens
Me enche de carinho
Dinho, o baixinho
Quer ser meu namorado



Dado, safado
Esqueceu que era casado
É, o Daniel
Me prometeu o céu
Ah, o Edgar
Me leva pra jantar
E o Ivan
Ficou pra amanhã
Senão não dá!



Humm!
Nenê!
Aêe!
Ô! Ô!

Chico, Tonico
Tomás e Frederico
Melo, Marcelo
Marquinhos e Otelo
Valdo, Ronaldo
Rodrigo e Geraldo
Júlio, meu bem
Ficou pro mês que vem
É que senão não dá!



Humm!
Nenê!
Aêe!
Ô! Ô!

Beto, Bebeto
Bené, Benito e Neto
Nando, Fernando
Felipe e Orlando
Dindo, Arlindo
Não sei qual é o mais lindo
João, Joaquim
A lista não tem fim



Pretos, branquelos
Mulatos e amarelos
Tô meio tonta
Já me perdi na conta
Deus fez o Adão
E exagerou no mel
Tem cada um
Que é de tirar o chapéu
Olha o que é que dá!



Humm!
Nenê!
Aêe!
Ô! Ô!

Lauro e Mauro
Maurício e Pedro Paulo
Brito, Manito
Mateus e Benedito
Breno, Heleno
Elói, Alan e Bueno
Mano, Fabiano
Fabinho e Adriano



Newton e Milton
Miguel e Adailton
Léo, Manuel
Manolo e Gabriel
Lu e Dudu
Domingos e Edu
Dé e André
Antônio e Mané



Ô Zé Roberto
Chega mais perto
Ei, Wanderley
Vem cá meu rei
Liguei pro Arnaldo
Vai dar um caldo
Sabe o Luís?
Foi embora pra Paris



Cadê o Tasso?
Pra eu dar um amasso
Nesse pedaço
De mau caminho
Olha o Quintero
Que é bombeiro
E tá solteiro
Nem vem que eu vi primeiro
Lembrei do Tom
Tudo de bom



E o primo dele
Não, não, aquele
Nossa, que homem!
Não lembro o nome
Acho que é Saulo
Lá de São Paulo
E o irmão do Nico
E o próprio Nico
E o pai do Nico
E o vô do Nico
E tem o Caco
Gente, o Caco
Meu Deus, o Caco...
Meu Deus, o Caco...
Olha o que é que dá!!!



Humm!
Nenê!
Aêe!
Ô! Ô!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Fernanda Gonzaga


Bem, apesar da Fernanda não ter participado do Ping Pong do MPB Brasil, não poderíamos deixar de fazer um post em homenagem a ela, que é a mais tímida das Chicas.



Apesar do seu jeitinho acanhado, no palco solta um vozeirão capaz de emocionar qualquer pessoa. Fernanda é uma fofa, sempre presente na comunidade do Orkut pronta para responder as perguntas dos fãs.



Assim como Amora e Paula, a Fernanda é vascaína (Só Isadora que é flamenguista) e é a única das meninas que tem filhos, no caso três: Caio e o casal de gêmeos Joaquim e Sofia.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

E hoje tem Show!

Cariocas (sortudos) têm hoje mais uma oportunidade de curtir o som das meninas lá no Teatro Odylon Costa Filho (UERJ), a partir das 19h. O show faz parte da comemoração dos 59 anos da UERJ e é gratuito.
Ainda dá tempo de correr para garantir seu Convite, que estará sendo distribuído na bilheteria do Teatro, nos horários: 10 às 12h, 14h às 16h e 18h às 20h.